top of page
Buscar
  • Equipe Artcruz

SANTA FAUSTINA E A DEVOÇÃO À JESUS MISERICORDIOSO


Bem-vindo(a) ao nosso blog, onde hoje vamos mergulhar na vida e legado de Santa Faustina e a sua devoção à Jesus Misericordioso. Se você já ouviu falar sobre a Divina Misericórdia, com certeza sabe que essa devoção tem tocado o coração de milhões de pessoas ao redor do mundo. Mas você sabia que tudo começou com as revelações feitas a uma humilde freira polonesa chamada Helena Kowalska, mais conhecida como Santa Faustina?


Neste post, vamos explorar como essa jovem religiosa foi escolhida por Jesus para espalhar a mensagem da Sua infinita misericórdia e como essa devoção se tornou tão popular entre os fiéis. Prepare-se para se inspirar e se encantar com essa história incrível!


A história de Santa Faustina é repleta de momentos emocionantes e experiências profundas de fé. Nascida em uma família simples na Polônia em 1905, ela entrou para a vida religiosa aos 20 anos, tornando-se Irmã Maria Faustina do Santíssimo Sacramento. Foi durante seu tempo no convento que ela começou a receber visões e mensagens diretamente de Jesus, que a instruiu a divulgar a Sua misericórdia ao mundo inteiro.


Essas revelações foram registradas em seu famoso diário, "Diário: A Misericórdia Divina na Minha Alma", que se tornou uma fonte de inspiração para inúmeros fiéis ao longo dos anos. Em nossas próximas postagens, vamos explorar mais profundamente essas revelações divinas e como elas impactaram a vida de Santa Faustina. Fique conosco e embarque nessa jornada de fé e amor!


As visões divinas de Santa Faustina têm fascinado e inspirado pessoas ao redor do mundo. Nascida na Polônia em 1905, ela foi uma freira da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia e se tornou conhecida como a "Apóstola da Divina Misericórdia". Durante sua vida, Santa Faustina teve várias visões e experiências místicas, nas quais Jesus apareceu a ela e revelou mensagens de amor, misericórdia e perdão. Ela registrou essas visões em seu diário, que mais tarde foi publicado como "Diário: A Misericórdia Divina na Minha Alma".


O Diário de Santa Faustina é uma obra de grande importância para a fé cristã. Ele revela a profunda misericórdia de Deus e a necessidade de confiar em sua infinita bondade. Através das palavras de Santa Faustina, somos lembrados da importância da oração e da confiança em Deus, mesmo em momentos difíceis. Além disso, o diário também nos apresenta o poder do sacramento da reconciliação e a importância de buscar a misericórdia divina. Ao ler as experiências de Santa Faustina, somos inspirados a viver uma vida de amor e misericórdia, buscando sempre a santidade e a proximidade com Deus.


O Diário de Santa Faustina é um tesouro espiritual que nos ajuda a compreender melhor a mensagem central do cristianismo: o amor incondicional e ilimitado de Deus por cada um de nós. Tornou-se um best-seller, traduzido para diferentes idiomas e alcançando milhões de leitores.


Além disso, a imagem da Divina Misericórdia, baseada em uma visão que Santa Faustina teve de Jesus, é venerada em todo o mundo e é um símbolo poderoso da misericórdia divina. O impacto duradouro de Santa Faustina é evidente nas inúmeras orações, novenas e grupos devocionais dedicados à Divina Misericórdia que existem atualmente. Seu legado perdura, inspirando as pessoas a se aproximarem do amor e da misericórdia de Deus em suas vidas diárias.



O cerne dessa devoção é o Terço da Divina Misericórdia, uma oração poderosa que invoca a misericórdia de Deus para si mesmo e para o mundo inteiro. Composta por três partes distintas, o Terço da Divina Misericórdia é uma forma de meditar sobre a Paixão de Cristo e pedir perdão pelos nossos pecados.

O terço da Misericórdia é rezado normalmente as 15:00 horas da tarde. Inicia-se nas contas do pai-nosso com a oração "Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos do mundo inteiro". Nas contas das Ave-Marias, reza-se 10 vezes "Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro." Ao final do terço, reza-se "Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro."


Ao longo dos anos, a devoção à Divina Misericórdia tem se espalhado pelo mundo todo, tocando os corações dos fiéis e oferecendo conforto e esperança em momentos difíceis. A mensagem central dessa devoção é simples, mas profundamente transformadora: não importa quão grande seja o nosso pecado, a misericórdia de Deus é infinita e Ele sempre nos perdoará se nos arrependermos sinceramente.


A devoção à Divina Misericórdia é um poderoso lembrete do amor incondicional de Deus por cada um de nós. Ela nos convida a confiar na Sua misericórdia, a pedir perdão e a estender a mesma misericórdia aos outros. Ao praticar essa devoção, somos lembrados de que não estamos sozinhos em nossas lutas e que sempre podemos encontrar conforto e perdão no amor infinito de Deus.


Santa Faustina é conhecida como a "Apóstola da Misericórdia Divina". Sua vida e escritos inspiraram milhões de pessoas ao redor do mundo a buscar a misericórdia de Deus e a viver uma vida em conformidade com Sua vontade. A canonização de Santa Faustina em 2000 pelo Papa João Paulo II foi um reconhecimento oficial de sua santidade e importância na história da Igreja Católica.


Se você deseja mergulhar ainda mais nessa jornada espiritual, recomendamos explorar os ensinamentos de Santa Faustina em seu Diário e rezar o Terço da Misericórdia. Lembre-se sempre: Jesus está chamando cada um de nós para sermos instrumentos vivos da Sua misericórdia neste mundo.



Encontre esses e outros artigos relacionados a Santa Faustina e a Jesus Misericordioso no site www.artcruz.com.br.

103 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page